Translate

15.8.17

fiz uma make up


Hoje acordei, na minha casa, com os meus gatos
ultimamente não quero dormir, tenho dores mas acima de tudo quero viver, quero ver a vida, quero rir, quero fazer rir

assustei-me pensei que nunca mais ia ver ninguém

lembro vagamente que comecei a cantar quando ia para a sala de operações
quando acordei estavam lá pessoas queridas
tenho esta coisa de me sentir sempre muito sozinha, não estou, não estou nada sozinha

muitas vezes penso que sou muito intensa, de mais, até para mim própria mas vi que quero e vou continuar a ser assim

quero viajar, quero cantar e sarar o coração das pessoas

custou-me pensar que não ia deixar filhos nem família minha, a minha família

dei um banho
arranjei o cabelo e fiz uma make up
experimentei os meus vestidos
cheirei as minhas linhas
os meus tecidos
quero ir à praia
quero ir ao jardim
não posso, ainda
olhei para as minhas mil flores
vi o dia ficar dia e chorei
estou chata na conversa
volto sempre ao mesmo
dizer ás pessoas que gosto muito delas
dizer que elas estão a fazer bem as coisas
mas as palavras não chegam
nunca me chegaram
procuro poemas para mostrar o que sinto
neste momento não os consigo encontrar
teria de escrever eu
não sei escrever
lembrei  muito estes dias

" Volta atrás vida vivida 
 Para eu tornar a ver
 Aquela vida perdida
 Que nunca soube viver

 Voltar de novo quem dera 
 A tal tempo, que saudade
 Volta sempre a primavera 
 Só não volta a mocidade

 A vida começa cedo 
 Mas assim que ela começa
 Começamos por ter medo 
 Que ela se acabe depressa

 O tempo vai-se passando 
 E a gente vai-se iludindo
 Ora rindo ora chorando 
 Ora chorando ora rindo

 Meu Deus, como o tempo passa 
 Dizemos de quando em quando
 Afinal, o tempo fica 
 A gente é que vai passando "

acho sempre que a saúde é " A " coisa especial da vida e por isso não quero lucros só porque tive um problema de saúde 
não quero falar muito sobre isto
acredito no valor das pessoas por elas próprias
quero apenas dizer que sou muito orgulhosa pelo serviço nacional de saúde que temos
pelos médicos, pelos enfermeiros, por toda a gente que ali está todos os dias por nós, para nós, não para eles
não tenho dúvida, é um talento, o mais bonito de todos
juntemos-nos todos a eles 
a beleza do dom destas pessoas não tem tamanho

aquilo é o que acredito na vida
ajudar o próximo
viver para isso 
essa beleza 

eu continuarei a tentar curar o outro com a minha voz
admito sou viciada nessa coisa de ajudar 

os meus amigos fizeram folhas de excel com horários para ficarem comigo
criaram um grupo " Gi´s nannies " 
não me deixaram sozinha um minuto
não pararam de me fazer rir
há pessoas que não têm isso
gostava que pensassem em ir visitar pessoas que não conhecem, só porque sim

tudo fica tão relativo 
em perspectiva 
neste momento juro que parece que vejo a vida acontecer dentro de um bola de vidro 
e eu 
estou de fora a ver tudo passar 
a tentar perceber onde vou encaixar 
como vou encaixar 

adoro viver

sinto que sou posta à prova a cada dia que passa 
às vezes fico cansada disso 
ficámos todos 

mas não há preço para ver um sorriso 

" viver é melhor que sonhar " já dizia o Belchior 

continuo a não saber onde me encaixo
continuo a saber que viver é a melhor coisa do mundo 
continuo com vontade de querer abraçar o mundo 
continuo com o sonho de ter a minha família
vou continuar a dançar e a ser melosa
vou continuar a cantar 
e a sonhar muito 


p.s - não sei o que escrever, mas sei que tenho de escrever
os meus amigos dizem que tenho de escrever, o problema é que a minha cabeça pensa muito rápido e pensa muita coisa e eu não consigo acompanhar a escrever

gostava de ser poeta
não sou
mas sei que tenho de escrever

já tirei a make up

uma foto da Estelle que sempre me apanha a alma








24 comentários:

  1. Sou só uma pessoa anónima, que vê o teu instagram e lê o teu blogue e que gosta de te ouvir cantar! Devo ser uma entre centenas, mas que te deseja a mais rápida recuperação (espero que não seja grave).

    ResponderEliminar
  2. Solnascente15/8/17

    As rápidas melhoras ��

    ResponderEliminar
  3. Tuas palavras me fizerem refletir sobre o valor da vida,dos amigos e principalmente o valor da família a apoiar-nos. Também estive por longos dias em um hospital e pensei muito nas pessoas que me são caras... Agora já estou em casa, me sinto bem e assim como tu estou aproveitando cada momento. Torço para que você se recupere o mais rápido. És linda, tem a alma iluminada. Gosto muito de ti!!!!😍😍😍😍😘😘😘😘😘

    ResponderEliminar
  4. Rita Albuquerque15/8/17

    Sempre tão intensa quando escreves! Tão bom "ler-te".
    Tens a vida toda pela frente, vive-a intensamente!
    Beijinho muito grande e um abraço bem apertado, doce Gisela!

    ResponderEliminar
  5. Fabiianaa15/8/17

    Olaaa Giii����És querida, simpática, generosa, enfim ainda não existem palavras para descrever tanta beleza♥��Tu quando cantas deixas me de coração cheio��toda a hora eu vou ao insta ver se publicaste alguma cena, se metes te algum instastorie, se meteste alguma coisa no teu blog, se estas em direto, enfim és tudo para mim❤��tu és a minha maior razão de eu ver a vida como a vejo��Eu não adormeço sem ouvir uma musica tua, não passa um dia k eu n fale em tii, amo te ver nas entrevistas, vou aos teus concertos (os que posso estar presente e os que n posso tou smp de coraçao para te apoiar) Obrigada mesmo por seres quem és�� Adoro-te mtoo mesmoo ����mto orgulho em tiii �� melhor do mundo����obrigada por tudo e as melhoras fiqueiiiii super preocupada, choreiii e tudo mas eu sei que es forte e eu tou ca para te apoiar em tuudooo����beijinhoss adoro teeee, beijinhossss����

    ResponderEliminar
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  7. As ràpidas melhoras querida Gisela. Que a vida te sorria muito! Beijinho

    ResponderEliminar
  8. Rápidas melhoras Grande Gisela :)
    Beijinho Enf° Margarida

    ResponderEliminar
  9. Olá Gisela, "ainda ontem" a vi na Gulbenkian... E soube que esteve menos bem recentemente, confesso que me assustou, tal como me assustou mais recentemente a Rita Guerra, desejo-lhe a si à sua colega Rita Guerra e a tidos os que precisam, as mais rapidas melhoras!

    ResponderEliminar
  10. Querida Gisela, ainda hoje, no regresso a casa, ouvi as tuas músicas [como tantas vezes faço], um bálsamo para a minha alma e para as dores de todos os dias. Espero que melhores rapidamente, que voltes a cantar rapidamente, precisamos tanto de ti, da tua voz com alma. A vida precisa de ti!! Um grande beijinho de luz, vai ficar tudo bem, confia**

    Catarina

    ResponderEliminar
  11. Anónimo15/8/17

    Deixei te um comentário no mensagers da tua pagina lê princess estou preocupadissimo contigo
    João Marçal

    ResponderEliminar
  12. Querida Gisela
    Como tu és a prova evidente do AMOR, para ti, um texto maravilhoso sobre a "Potencia do amor" por Einstein. Sei que brevemente estarás completamente restabelecida. XI CORAÇÃO da Mimi da Alemanha.

    “FRAGMENTO DA ULTIMA CARTA DE EINSTEIN À SUA FILHA LIESERL !

    O AMOR

    Quando propus a teoria da relatividade, muito poucos me entenderam, e o que lhe revelarei agora para que o transmita à humanidade, também se chocará contra a incompreensão e os preconceitos do mundo. Peço-lhe mesmo assim, que o guarde o tempo todo que seja necessário, anos, décadas, até que a sociedade haja avançado o suficiente para acolher o que lhe explico a seguir.

    Existe uma força extremamente poderosa para a qual a ciência não encontrou ainda uma explicação formal.

    É uma força que inclui e governa todas as outras, e que está inclusa dentro de qualquer fenômeno que atua no universo e que ainda não foi identificada por nós.
    Esta força universal é o Amor.

    Quando os cientistas buscam uma teoria unificada do universo, esquecem da mais invisível e poderosa das forças.
    O amor é luz, já que ilumina quem o dá e o recebe.
    O amor é gravidade porque faz com que umas pessoas sejam atraídas por outras.
    O amor é potencia, porque multiplica o melhor que temos e permite que a humanidade não se extinga no seu egoísmo cego.
    O amor revela e desvela. Por amor se vive e se morre.
    Esta força explica tudo e dá sentido em maiúscula à vida.
    Esta é a variável que temos evitado durante tempo demais, talvez porque o amor nos dá medo, já que é a única energia do universo que o ser humano não aprendeu a manobrar segundo seu bel prazer.
    Para dar visibilidade ao amor, fiz uma simples substituição na minha mais célebre equação. Si no lugar de E=mc² aceitamos que a energia necessária para sanar o mundo pode ser obtida através do amor multiplicado pela velocidade da luz ao quadrado, chegaremos à conclusão de que o amor é a força mais poderosa que existe, porque não tem limite.
    Após o fracasso da humanidade no uso e controle das outras forças do universo que se voltaram contra nós, é urgente que nos alimentemos de outro tipo de energia.
    Se quisermos que nossa espécie sobreviva, se nos propusermos encontrar um sentido à vida, se desejarmos salvar o mundo e que cada ser sinta que nele habita, o amor é a única e última resposta.
    Talvez ainda não estejamos preparados para fabricar uma bomba de amor, um artefato bastante potente para destruir todo o ódio, o egoísmo e a avareza que assolam o planeta.
    Porém, cada individuo leva no seu Interior , um pequeno mas poderoso gerador de amor cuja energia espera ser liberada.
    Quando aprendermos a dar e receber esta energia universal, querida Lieserl, comprovaremos que o amor tudo vence, tudo transcende e tudo pode, porque o amor é a quintessência da vida.
    Lamento profundamente não ter sabido expressar o que abriga meu coração, que há batido silenciosamente por você toda minha vida.
    Talvez seja tarde demais para pedir-lhe perdão, mas como o tempo é relativo, preciso dizer-lhe que a amo e que graças a você, cheguei à ultima resposta.
    Seu pai,

    Albert Einstein “

    ResponderEliminar
  13. Sofia15/8/17

    Gosto de ler os teus textos , és expressiva e adoro os teus pormenores . Es uma pessoa linda e tens brilho * Também não estou a passar uma fase fácil ,mas tudo se compõe. Beijinhos grandes Gugu. Rápidas melhoras ������☀��

    ResponderEliminar
  14. Em 2010, morreu um dos meus mestres. Talvez o meu Mestre.

    Conheci-o em 2009, em Lisboa, num dia de Janeiro quando ele veio a Lisboa fazer um retiro de dança. Queria conhecê-lo, mas sem aquela expectativa própria de quem quer conhecer uma pessoa que admira e respeita muito. Na altura, ele era apenas um professor e alguém que gostava muito de dançar. O encontro foi muito bonito e liguei-me muito a ele, à sua força de vida, à sua entrega à vida, a tudo. Quando ele morreu, foi como tivesse a ver um filme, sem uma parte do corpo, como se tivesse morrido um familiar.

    Tu és como ele: tens essa força enorme, essa alegria que irradia por todos os lados, tens essa vida que tanto amas. Confesso que li a notícia no fim-de-semana assim muito por alto. Estava num retiro de dança e não tinha disponibilidade nem física nem emocional para escrever alguma coisa. Li qualquer coisa sobre as causas do problema de saúde e também pensei em coisas como família, sonhos, etc, etc. Mas não te preocupes: todas as pessoas que te admiram e são teus fãs são uma família alargada que te ama muito e que se preocupa muito contigo. Não é pelos discos e pelas canções, embora também seja por elas; não é pela força que emprestas ao teu canto, embora essa força seja o que nos fez aproximar de ti. É pela tua entrega à vida, pela tua generosidade para todos nós, pelo teu sorriso e pela tua alegria de menina desejosa de viver. Curas a todos com a tua forma de viver a música.

    Estava a pensar despedir-me com uma música dos Titãs, aquela versão do "É Preciso Saber Viver", mas acho que Gonzaguinha é um melhor presente. Acho que esta canção é um dos maiores hinos à vida de sempre:

    https://www.youtube.com/watch?v=ykv9mqOC8pE

    Beijinhos e as melhoras!

    ResponderEliminar
  15. Deixei te um pequeno texto de muita coisa que só consigo exteriorizar para ti no mensagers do facebook da tua pagina..
    Se quiseres Identificar me João Marçal

    ResponderEliminar
  16. Um grande beijinho, espero que não seja nada grave * adoro ouvir-te cantar e a tua personalidade forte e encantadora inspira-me. :)

    ResponderEliminar
  17. Gisela, tens que continuar a inspirar-nos! Com a tua voz, a tua maneira de ser e estar. Não conheço bem a tua obra, aqui está uma boa oportunidade de conhecer melhor, mas uma coisa sei, quando cantas dás tudo o que tens e fazes sentir coisas bonitas a quem te ouve. Por isso agradeço-te! Boas e rápidas melhoras! Continua a inspirar-nos... penas sendo tu!

    ResponderEliminar
  18. Anónimo17/8/17

    De Timor, obrigado.

    ResponderEliminar
  19. Anónimo25/8/17

    Gisela,
    Ouvi te hoje na televisão pela primeira vez.
    Que bonita.
    Vou te ouvir
    E quando fizer anos
    Vou me lembrar de ti

    Tomás Viana

    ResponderEliminar